Um guião sem diálogo

Por vezes, optar por criar um guião sem diálogo, ajuda a traduzir melhor a ideia a projetar. Os guiões não transcrevem apenas os diálogos de um filme mas também todas as ações.

Um dos melhores guiões criados sem uma única palavra é de Strangers. Este é um dramático filme de 7 minutos, sem diálogos. Strangers ganhou os melhores prémios de 2004, nos Festivais de Cinema de Aspen, Palm Springs e Sundance.

No metropolitano francês, um jovem que usava uma Estrela de Davi, sentou-se em frente a um outro jovem que se encontrava a ler um jornal impresso em árabe. Eles vão olhando um para o outro com um ar de desconfiança. Três outros homens que exibem cabeças rapadas e tatuagens neonazistas visam o homem que lê o jornal, e começam a intimidar pintando o jornal com spray e enfiando uma bota seu assento.

O telefone do primeiro homem toca uma música em hebraico e, posto isto, os neonazistas viram-se agora para ele. Já em atos de violência os dois homens correm em direção às portas da carruagem, numa tentativa de fugir enquanto os neonazistas os perseguem. Ambos os homens conseguem fugir antes que os outros os conseguissem apanhar. Já fora da estação, cada um dos homens celebra brevemente o seu triunfo e seguem diferentes caminhos.

Sem uma palavra dita, as tensões entre muçulmanos e judeus e o preconceito generalizado que ambos enfrentam são efetivamente representados através somente da ação.

Strangers (2004) – curta-metragem de Erez Tadmor e Guy Nattiv

Esta curta-metragem utiliza as ações e a cinematografia para expressar os significados da história, sem precisar de uma única fala.

Advertisements

Author: 60pontos5paicas

Communication Design at Fbaul.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s